terça-feira, 15 de julho de 2014

Ressaca a primeira vista



As vezes não dá para acreditar ou aceitar que exista amor a primeira vista, talvez na segunda, na terceira, ou até na quarta. Não na primeira. Só que na segunda vista, você percebe que foi amor na primeira... Ou na terceira, não sei.

Eu não acreditava em amor a primeira vista, mas sim em uma atração muito forte, como uma paixão, que ia se tornando amor através dos tempos, e quando você está muito feliz, você então compreende, olha para o início e percebe que foi sim, amor a primeira vista. Ou não.

Estou tentando compreender algumas coisas sobre minha vida, as vezes acho que o que eu digo agora, irei entender algum tempo depois, quando estiver em casa, ou no dia seguinte... Gastei muita saliva, preciso de mais cerveja. - Garçom!

Eu posso me entender depois, um pouco mais para frente, talvez na segunda-feira, ou terça, seria melhor na quarta, ou quinta, provavelmente na sexta, no sábado... Não no domingo, porque estarei de ressaca. O amor é uma ressaca dos sentimentos. Na verdade, nem eu estou me entendendo.

O dia amanhece, estou com dor de cabeça, estômago ruim, muita sede e meus olhos doem ao olhar para luz. Se o amor é uma ressaca, acho que estou amando nesse momento. 

- Alguém feche as janelas!.


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário