sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Song of Inspiration




O Som dos violinos soam misturados com o piano, eu os sinto, a calma bate, a inspiração vem. As mãos começam a tremer e dançar pelo teclado com seu ritmo acelerado. É apenas um  rascunho que escrevo, não é uma canção, poderia ser. Seria linda.

Cada dia busco onde enxergar e sentir esse ritmo de ideias. Em apenas uma música consegui escrever diversas "canções". Talvez eu não seja tão perdido em pensamentos assim.


Sinto que cada tecla do computador que toco seria a mesma do piano. A música soa e eu apenas escrevo, o som desse piano é inspirador. Ainda sou escritor, sou músico desde que minhas mãos tremem a escrever em cada ideia. 

O celular toca e finjo que não ouço, estou no meu momento de inspiração, sou eu no meu mundo, não me atrapalhem. É essa  a paz que quero sempre sentir, a mesma paz que o som do violino me dá. Sigo o ritmo da música, do toque, da cor e do vento. Ainda sou o escritor procurando meu estilo, sou o chocolate que nasceu do cacau e do leite, a luz do celular iluminando no escuro, o whiskey te deixando bêbado, e a canção te deixando feliz. Esse sou eu, o "eu" que sempre quis.
Reações:

Um comentário: